Geek,Tecnologia

RemoFinger: Uma pedaleira para músicos que usam gadgets touch-screen

16 jul , 2015  


Um produto para quem usa tablets ou computadores sensíveis ao toque, mas que precisam de uma pedaleira para controlar a #$%@ toda.

Por Matheus Gonçalves

Quem já acompanha o site há um tempo já sabe que um dos meus hobbies preferidos é tocar bateria. Enquanto morava no Brasil tive banda com vários amigos e essa é sem dúvida uma das partes mais legais da minha vida, da qual eu sempre lembro com enorme saudosismo.

Recentemente resolvi que iria aprender a tocar guitarra/violão e descobri que um dia eu serei um excelente analista de sistemas hahhaahhahahaha Não, tô brincando, não sou um exímio guitarrista, mas gosto de fazer meus barulhos. Veja que afinação a minha durante o nãnãnã:

 

 

Evidentemente eu voltei logo pra percussão, no caso o cajón, que é onde eu me sinto mais à vontade. Nessa música, com meus amigos Gabriel e Derek, que moram aqui em Atlanta:

 

 

Fim do show off, vamos ao que interessa!

Pois é, por conta de tudo isso, eu tenho usado muitos apps para tablets (tanto Android quanto iPad) pra brincar com os sons, tentar coisas novas, efeitos diferentes. Existe no mercado hoje uma infinidade de aplicativos que simulam pedais de distorção, por exemplo. Ou efeitos, ou equalização, o que facilita muito a vida de quem quer trabalhar ou se entreter com música, sem precisar gastar aí uma tonelada de dinheiro com produtos físicos.

Ou para quem quer testar um determinado pedal antes de comprá-lo. Ou apenas utilizar o efeito em uma gravação, ou…. Já deu pra entender que a existência desses softwares tornaram tudo muito mais flexível e interessante, certo?

Com um porém: você precisa tirar a mão do instrumento (ui) para ativar determinada função, ou para fazer qualquer coisa que exija que você toque a tela do seu gadget.

E é aí que entra o RemoFinger!

Trata-se de um projeto muito interessante de engenheiros sul coreanos no Kickstarter, que estão pedindo ajuda para produzir em larga escala uma pedaleira multi-função diferente. Ela tem cabos que saem dela e, na outra ponta, possuem bocas de sanguessugas conexões que se fixam ao aparelho. Dentro dessas conexões, existe um dedo de urologista dispositivo que toca a tela assim que o pedal é acionado.

Dessa forma:

 

 

Bem legal, né? Vira e mexe eu estava ensaiando ou tentando tirar uma música e não conseguia fazer a tablatura descer no tempo certo, ou não conseguia tocar a tela pra ativar um determinado pedal, ou acionar a gravação. Apesar de ser relativamente rápido com baquetas, não tenho essa delicadeza toda pra acionar algo numa tela 2D. Então esse produto ajudaria bastante.

Dá uma olhada na campanha oficial do RemoFinger:
 

ARVE Error: Mode: lazyload is invalid or not supported. Note that you will need the Pro Addon activated for modes other than normal.

 

E aqui, mais algumas imagens da pedaleira camaleão:
 
76c767df9f2a88de70bf201e5ab35f40_original

6156952fdde9cb3588bd20bad847b4d0_original

0d4887cd284acdf6c55eee48d95ad94c_original

9edce012489dd10b87c613dca3d44cba_original

c6f48be188b3b3aef774586605e53c15_original

44aec5c0d68a138cf5eb22d4cc911360_original
 

No projeto do Kickstarter os autores dizem que os valores da doação variam entre US$ 1 a US$ 3000 (ou mais), com retribuições diferentes para cada valor, evidentemente. Desde um simples “muito obrigado“, ou ganhar o produto personalizado, ou até um tour inesquecível* por Seul com a equipe do RemoFinger, com direito a show de K-Pop e estadia durante um fim de semana em um hotel de cinco estrelas. Passagens aéreas não inclusas.

*carece de fontes.
 
342c5b7d6c43726176779fe04e2b8a15_original
 
Vamos ver como se saem pessoas de verdade utilizando a pedaleira:
 

 

Muito legal, né? Devido ao meu desconfiômetro, dificilmente eu aposto num projeto assim, esperando ele se estabelecer para poder comprar (normalmente por um valor muito mais caro, é verdade), mas aqui eu me senti obrigado a contribuir. Se você quiser abraçar a ideia e também achar que vale a pena correr o risco de tomar um prejú junto comigo, faça a sua doação. Por sua conta a risco.

O objetivo do projeto é chegar nos US$ 30 mil. Até agora eles já conseguiram mais de US$ 13. Espero que a empresa consiga financiar o projeto todo.

E vocês, o que acharam do RemoFinger? Acham útil? Bobeira? Possui aí uma ideia mais barata de resolver esses percalços? Deixem sua opinião aqui embaixo na área de comentários.

 
 


, , , , , , , , , , ,


Send this to friend